HISTÓRICO

A Psicopedagogia em Santa Catarina surge por volta dos anos 90 com a queixa de dificuldades escolares em crianças com histórico de hospitalização por desnutrição, no Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis. A pedagoga Berenice Helena de Oliveira que já atuava no referido hospital inicia atendimento ambulatorial àqueles escolares com dificuldades de aprendizagem. Atenta às necessidades deste programa, Berenice Helena usou técnicas Ramain Thier, e buscou formação em Psicopedagogia com Alícia Fernandez que disponibiliza o programa de atendimento ambulatorial de crianças com dificuldades escolares para espaço de estágio de estudantes do curso de especialização em Psicopedagogia.

Com a necessidade de aprofundar os conhecimentos necessários para os atendimentos, as estagiárias e a coordenadora do Hospital Infantil Joana de Gusmão iniciam, no ano de 1996, um grupo de estudos.

A cada semana o grupo composto por: Berenice Helena de Oliveira, Claudinete Buéri, Lenita Tonera, Adriana Monn, Maria Lúcia Almada Fernandes, Verônica Xausa Barra, Janice Chiquio, Heloisa de Souza Holleben, Cláudia Maria Santos Tavares, Andréa Junckes Rodrigues Prazeres, Juçara Dreier Vignol, Márcia Regina Nascimento, Márcia Gomes Fernandes, escolhia um tema a ser estudado e debatido.

Para as reuniões de estudo, profissionais de áreas afins eram convidados a contribuir por meio de palestras ou diálogos tendo como objetivos de discutir sobre os atendimentos realizados durante o estágio curricular do curso de especialização em Psicopedagogia no ambulatório do HIJG e supervisionar a prática psicopedagógica e promover o aprimoramento técnico-científico.

Em reunião de estudos, uma colega trouxe a revista da Associação Brasileira de Psicopedagogia (ABPp), despertando o interesse do grupo em criar um núcleo de estudos de Psicopedagogia em Florianópolis.

A partir deste momento foi organizada uma comissão composta por Berenice Helena de Oliveira, Maria Lucia Almada Fernandes, Lenita Tonera, Silvia Rogéria de Miranda, Maria Deomar Pedressani Costa Neves.

Após contatos com a ABPp, – Associação Brasileira de Psicopedagogia com sua sede estabelecida em São Paulo, foram reunidos e organizados os documentos necessários para formalizar a solicitação da criação do NÚCLEO DE PSICOPEDAGOGIA DE FLORIANÓPOLIS.

No dia 13 de Setembro de 1997, em reunião do Conselho, a proposta foi oficializada.

O Núcleo desenvolvia suas atividades de estudos em uma sala do setor de recursos humanos do Hospital Infantil Joana de Gusmão e posteriormente reuniram-se em outros endereços. Desde então, é dada continuidade ao aprimoramento técnico-científico dos associados.

O foco é nos aspectos acadêmicos e de mercado de trabalho para acompanhar a expansão e a qualidade dos profissionais da Psicopedagogia.

A pedido da coordenadora do Núcleo de Florianópolis, Lísia Kunrath Menna Barreto, a Psicopedagoga do Rio Grande do Sul, Sonia Maria Pallaoro Moojen, levou em mãos para a reunião do Conselho em São Paulo, o pedido para transformar em Seção o Núcleo de Florianópolis. O material com histórico, a lista de associados e a proposta de trabalhos de Santa Catarina foram analisados e o pedido foi aprovado no dia 17 de Março de 2000.

Sua diretoria foi composta por : Presidente – Lenita Tonera, Vice Presidente Maria Lúcia Almada Fernandes, Diretor Financeiro – Luis Antonio Cardoso, Diretora de Núcleos – Lúcia Helena de Miranda Gomes, Diretora de Núcleos Adjunta – Rosângela Benta de Souza da Silveira – Assessora de Imprensa – Denise Bezerra Agra, Diretora Administrativa – Juçara Dreier Vignol, Diretora Administrativa Adjunta – Cláudia Maria dos Santos Tavares, Diretora de Eventos – Heloisa Souza de Holleben. Conselho Fiscal: Berenice H. de |Oliveira, Claudinete Bueri e Patrícia V. Miranda. Andréa J. Prazeres , Conselho de Ética, Vera Mendes, Rosana Cunha e Flávia Z. Tronca.

No período de dezembro de 2000 a dezembro de 2001, metas foram propostas e alcançadas por meio da realização de parcerias entre colégios, livrarias, sindicatos e profissionais, levando a elaboração da Agenda de Eventos, com ciclos de palestras e cursos, em que assuntos eram previamente escolhidos por sócios, dando-lhes a possibilidade da atualização e crescimento psicopedagógico.

A Seção Brasileira de Psicopedagogia Seção Santa Catarina, deu seu apoio e divulgação ao curso ministrado por Alicia Fernandez em Florianópolis.

Os informativos foram transformados em Jornal, sob a responsabilidade de uma jornalista. A identificação do associado foi confirmada com a criação do Cartão de Identificação do Associado. Os atos foram realizados por meio de normas publicadas no Jornal. Criou-se o Banner da Seção de Santa Catarina, implantou-se a Assessoria Jurídica e o Conselho de Ética.

Assim segue a ABPpSC ate os dias de hoje com suas gestões promovendo um ENCONTRO CATARINENSE DE PSICOPEDAGOGIA por ano e outros pequenos eventos mensais.

1998 – 1º SEMINARIO DE PSICOPEDAGOGIA – O SIGNIFICADO DE UMA VISÃO PSICOPEDAGOGICA
1999 – DISTURBIO X TRANSTORNOS DE APRENDIZAGEM: O PAPEL DA ESCOLA
2000 –
2001 – Iº ENCONTRO CATARINENSE DE PSICOPEDAGOGIA: A INFLUÊNCIA DO INCONSCIENTE NA ESTRUTURA DA APRENDIZAGEM E NO DESENVOLVIMENTO
2002 – I ENCONTRO SUL BRASILEIRO DE PSICOPEDAGOGIA EM FLORIANÓPOLIS CONTRIBUIÇÕES PARA A ESCOLA E A SOCIEDADE
2003 – II ENCONTRO CATARINENSE DE PSICOPEDAGOGIA – RELAÇÕES COM O APRENDER
2005 - III ENCONTRO CATARINENSE DE PSICOPEDAGOGIAO LUGAR DO SOCIAL NA APRENDIZAGEM
2006 – II ENCONTRO SUL BRASILEIRO DE PSICOPEDAGOGIA EM PORTO ALEGRE
2007 – IV ENCONTRO CATARINENSE DE PSICOPEDAGOGIA – CRIAR LAÇOS, APRENDER, CRESCER
2008 – V ENCONTRO CATARINENSE DE PSICOPEDAGOGIA TECENDO SABERES E FAZERES DOS PSICOPEDAGOGOS DE SANTA CATARINA
2009 – VI ENCONTRO CATARINENSE DE PSICOPEDAGOGIA – FAMILIA E ESCOLA HOJE
2010 – VII ENCONTRO CATARINENSE DE PSICOPEDAGOGIA
2011 – VIII ENCONTRO DE CATARINENSE DE PSICOPEDAGOGOS – DIAGNÓSTICO, INTERVENSÃO E APRENDIZAGEM, ABORDAGENS DINÂMICAS E ESTRATÉGIAS
2012 – IX ENCONTRO CATARINENSE DE PSICOPEDAGOGIA – A ESCUTA PSICOPEDAGÓGICA E A APRENDIZAGEM

SEJA PSICOPEDAGOGO TITULAR

Prezado Associado, você sabe como se tornar um psicopedagogo titular?
Para maiores informações consulte-nos pelo e-mail abppsc@gmail.com e lhe repassaremos as devidas orientações para que ainda em 2017 você consiga o seu reconhecimento como psicopedagogo titular.

SOBRE A ABPp

A Associação Brasileira de Psicopedagogia, ABPp é uma associação de direito privado, de âmbito nacional, sem fins lucrativos e econômicos, de caráter técnico, científico e social, com atividade preponderante no exercício da psicopedagogia. Fundada em 12 de novembro de 1980, a ABPp agrega psicopedagogos brasileiros com a finalidade de propiciar-lhes o desenvolvimento, a divulgação e o aprimoramento desta área do conhecimento.

Para tanto, promove debates, reuniões, conferências, cursos, seminários, congressos e eventos de âmbitos regional, nacional ou internacional. Trabalha também com artigos de profissionais conceituados e facilita o acesso dos profissionais a conteúdos pertinentes à sua área de atuação. O objetivo dessas ações é o aprimoramento técnico-científico que beneficie a atualização profissional dos associados, primando pela ética e compromisso.

Além disso, a ABPp trabalha para que todos tenham o direito de desempenhar a sua escolha de trabalho. Ela age no sentido de ampliar a atuação de uma gama de profissionais que tenha condições de exercer a atividade de psicopedagogo com conhecimento e qualidade. Essa atitude preza pelo comprometimento com a melhoria da educação no país, tanto com relação à formação de novos psicopedagogos, como com relação às crianças, adolescentes e jovens que serão assistidos por esses profissionais.

Continue Lendo
bg-abppsc

presidente gestão 2017/2019

presidente-abppsc

Maria Alice Moreira Bampi

(48) 9116.0753 (48) 3365.1097 (48) 9999.0753 fb.com/ABPPSC